O Facebook vai limitar os posts de empresas no feed de notícias

O Facebook vai limitar os posts de empresas no feed de notícias

Facebook anunciou, na noite desta quinta-feira (11), que vai mudar a forma como as postagens são exibidas no feed de notícias dos usuários. A partir de agora, a rede social vai priorizar conteúdo gerado por amigos e deixar mensagens de empresas em segundo plano.

De acordo com comunicado do Facebook, a intenção é aproximar as pessoas e motivar interação nas mensagens.

“Para fazer isso, vamos priorizar posts com os quais você possa querer interagir com amigos. Esses são posts que inspiram conversas nos comentários e posts que você possa querer compartilhar e reagir – seja um amigo pedindo um conselho ou recomendações para uma viagem, ou uma notícia ou um vídeo promovendo muitas conversas”, explicou.

A empresa já alertou que postagens comerciais ou de páginas de notícias devem sofrer queda neste primeiro momento, mas o impacto será sentido com menos intensidade por quem cria conteúdo interativo.

“Páginas que publicam posts que as pessoas normalmente não reagem ou comentam podem ver os maiores declínios na distribuição. Páginas cujos posts promovem conversas entre amigos irão ver um efeito menor”, explicou.

Isso não significa, porém, que as postagens vão deixar de aparecer ao público. Usuários podem ver mais posts de páginas que elas seguem escolhendo a opção “Ver Primeiro” nas preferências do feed de notícias.

Nova abordagem

O próprio Facebook deu sugestões para empresas não perderem relevância dentro da rede social. As principais sugestões são:

  • Gerar conversas entre pessoas;
  • Usar vídeos ao vivo, que normalmente motivam mais discussões entre a audiência no Facebook – segundo a empresa, as “lives” têm, em média, até seis vezes mais interações do que vídeos on demand. Muitos criadores de vídeos geram discussões entre seus seguidores quando publicam o conteúdo no Facebook, assim como acontece com posts de celebridades,
  • Usar os grupos. Neles, as pessoas geralmente interagem sobre conteúdo público. “Negócios locais se conectam com suas comunidades publicando atualizações relevantes e criando eventos. E notícias podem ajudar a iniciar conversas sobre temas importantes”, disse a empresa.
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!

Olá! Clique em um dos nossos representantes abaixo e nós retornaremos o mais rápido possível.

Converse conosco no WhatsApp